Oficinas acreditadas e outras formações

ALUNOS COMO CHANGE MAKERS
O Design Thinking na dinamização de projetos educativos com valor para a comunidade – inclui utilização de espaço maker

Formato 50h (25h presenciais + 25h trabalho independente

Releva para efeitos de progressão em carreira no domínio geral ou domínio específico para os grupos, 500, 510 e 520 dos Ensinos Básico (3º Ciclo) e Secundário.

Esta formação foca-se na capacitação de professores(as) na promoção do Design Thinking na aprendizagem como metodologia de abertura da escola à comunidade e promotora do desenvolvimento de competências chave nos(as) alunos(as). Durante a formação, professores(as) serão introduzidos(as) a diversas metodologias inovadoras, centradas no aluno, assim como a ferramentas inovadoras de avaliação.

O trabalho autónomo será dedicado ao desenvolvimento de um projeto utilizando a metodologia Design Thinking com os(as) alunos(as), motivando estes a agirem como “agentes de mudança” na sua comunidade. Assim, sendo da autonomia dos professores e alunos(as) em conjunto a escolha do tema a ser trabalhado, irão investigar um problema e enquanto aprendem temas relevantes do seu currículo, vão imaginar possíveis soluções e, em colaboração com a sua comunidade, irão criar soluções e partilhá-las.

*Escolas nas localidades de S.D.Rana e Alcabideche terão uma sessão com o envolvimento da InovLabs, dedicada à utilização de “Maker-Space”, soluções inteligentes, robótica, etc. Poderão ainda requisitar sessões presenciais no Maker Space.

Professores e Alunos do Séc XXI
Inquiry e Interdisciplinaridade na aprendizagem

Formato 50h (25h b-learning + 25h trabalho independente) OU Formato 15 b-learning.

Releva para efeitos de progressão em carreira no domínio geral ou domínio específico para os grupos 500, 510 e 520 dos Ensinos Básico (3º Ciclo) e Secundário

Esta formação foca-se na capacitação de professEsta formação aborda diversas metodologias de aprendizagem e ensino inovadoras, nomeadamente a Aprendizagem Baseada em Inquiry, a Interdisciplinaridade, o Design Thinking, o Open Schooling e a Avaliação do aluno. Neste sentido, os(as) professores(as) são introduzidos às metodologias por meio de atividades práticas e interativas que promovem a compreensão e a experimentação, sendo posteriormente convidados a implementarem-nas na sua prática letiva.

Neste sentido, os professores terão acesso a diversos recursos de apoio à implementação, assim como um apoio personalizado por parte das(os) formadores(as).

Avaliação de Alunos(as) no Séc XXI
Metodologias e ferramentas inovadoras de avaliação formativa e sumativa com foco nas competências

Formato (a definir)

Releva para efeitos de progressão em carreira no domínio geral ou domínio específico para os grupos 500, 510 e 520 dos Ensinos Básico (3º Ciclo) e Secundário

Esta formação foca-se na capacitação de professores(as) para uma inovação autónoma na forma como avaliam os seus alunos(as). É um facto que para se inovar na educação, também é necessário adaptar a avaliação e que quando utilizada da forma correta, a avaliação torna-se uma ferramenta importante para o desenvolvimento. Esta oficina visa introduzir os professores a ferramentas de avaliação inovadoras, nomeadamente a utilização de rubricas, check-lists, avaliação global com criação automatizada de relatórios, ferramentas digitais, etc., assim como a capacitar os professores para a criação das mesmas.

A oficina envolve ainda uma introdução aos temas da Diversidade e Equidade e do Design Universal para a Aprendizagem (UDL), promovendo uma abordagem inovadora na avaliação, que abrace a diversidade inerente numa sala de aula e se acomode às necessidades de todos(as) os(as) alunos(as).